A História Do Dono Do KFC

Muito provavelmente você já viu uma loja KFC ou pelo menos ouvi falar sobre essa rede de restaurantes.

Afinal de contas, o KFC é uma rede de restaurantes estadunidense, que se multiplicou e dominou o mundo.

A marca veio da antiga receita de frango frito de Harland David Sanders, o famoso Colonel Sanders do KFC.

E se você acha que está muito tarde para empreender, ou que seus obstáculos vão te impedir, confira a história do dono do KFC.

História Do Dono Do KFC: O Início

Sanders nasceu no dia 9 de setembro de 1890, no estado americano do Indiana. Ele era o mais velho dos três crianças.

O pai, Wilbur, trabalhava em uma fazenda, e a mãe, Margaret, era uma devota cristã, que sempre aconselhava os filhos sobre os perigos da vida.

Anos 5 anos Harland perdeu o pai, de uma forma rápida e dura.

A mãe, que cuidava do lar, foi obrigada a ir para o mercado de trabalho para sustentar a família, e Harland teve que aprender a cuidar dos irmãos.

Por cuidar dos menores, ele já era um bom cozinheiro com apenas 7 anos.

Aos 10 anos, Sanders, como é conhecido, começou a trabalhar na fazenda.

Em 1902, sua mãe se casou, com isso, a família se mudou para Greenwood. Sanders não tinha um bom relacionamento com o seu padrasto.

Na sétima série, Sanders largou a escola e foi trabalhar. Ele pintou carroças, e ajudou fazendeiros, até 1906, quando tinha 16 anos e foi morar com um tio, arrumando um emprego de motorista de transporte público.

Na mesma época, Sanders falsificou sua identidade para entrar no Exército Americano, onde ficou por um ano. Após ser dispensado, foi morar com um tio e trabalhar com ferrovias.

Mais tarde, conheceu Josephine King, se casou e teve três filhos (um menino e duas meninas). Como nada era fácil para ele, o primeiro filho faleceu.

Uma Vida Cheia De Obstáculos

Ainda trabalhando com ferrovias, ele mudou de companhia ferroviária e acabou se mudando para Jackson, no Tennessee, onde começou a cursar direito por correspondência na Universidade de La Salle.

Foi quando ele perdeu o emprego por uma briga, e a mulher se mudou com os filhos para a casa dos pais.

Com muita garra, Sanders começou a trabalhar como advogado, ganhando bem para que a família pudesse voltar a morar com ele. 

Novamente, as coisas saíram dos trilhos. Sua rápida carreira como advogado acabou, por ter brigado com um cliente na corte. Na época ele voltou para a casa da mãe e a trabalhar com companhias ferroviárias.

Em 1916, Sanders começou sua carreira como vendedor de seguro de vida, o que também durou pouco, pois ele foi demitido por insubordinação.

Sem desistir, ele se mudou para Louisville, onde começou a trabalhar como vendedor.

As primeiras experiências empreendedoras de Sanders

Pois é, a história do Dono Do KFC é repleta de altos e baixos.

A Primeira Experiência Empreendedora Do Dono Do KFC

Em 1920, cansado de passar por tantos empregos, e ter tantas demissões, ele iniciou uma empresa de transporte aquaviário. Foi um sucesso!

Ele conseguiu um bom dinheiro, se tornou acionista da empresa e aceitou uma vaga na Câmara do Comércio de Columbia, onde ficou por apenas um ano.

Depois ele vendeu as ações da empresa de transportes e ganhou cerca de vinte e dois mil dólares, que significava muito na época.

Com esse dinheiro, Sanders abriu uma empresa de lâmpadas de acetileno, que tinha tudo para ser um grande sucesso, até um concorrente ter uma ideia mais inovadora e abrir uma empresa de lâmpadas elétricas, o que quebrou o negócio de Sanders.

Ele se mudou novamente, dessa vez para Winchester, no Kentucky, trabalhando na fábrica da Michelin. Em 1924 a fábrica fechou, ele perdeu o emprego.

Após mais essa demissão, Sanders encontrou um executivo da empresa Standart Oil, que sugeriu uma parceria para abrir um posto de gasolina. Sanders topou, e foi um sucesso por um tempo.

Mas…

O posto fechou em 1930, pela Grande Depressão que se iniciou em 1929.

Nem Tudo Estava Perdido…

Mas, dessa vez, nem tudo estava perdido, pois a empresa Shell ofereceu um posto de gasolina gratuitamente para ele, com a condição de ter uma porcentagem no negócio.

E foi isso que fez Sanders começar a vender pratos de frango, e administrar um hotel que ficava junto ao posto.

Em 1935, depois de tantas dificuldades, traumas, experiências negativas, Sanders foi nomeado Coronel do Kentucky, e no ano de 1939, foi reconhecido por seus pratos de frango, recebendo uma super recomendação para restaurantes nos EUA.

Em julho, nesse mesmo ano, ele comprou um hotel na Carolina do Norte. Tudo estava ótimo, até quem em novembro, tanto o hotel como o restaurante pegaram fogo.

A atitude de Sanders diante disso? Ele reconstruiu!

Em Julho de 1940 ele elaborou uma receita secreta, que tinha tudo para ser o topo! Na mesma época, começou a Segunda Guerra Mundial, fazendo com que ele fechasse o hotel.

Sanders foi trabalhar como supervisor em Seattle, até se tornar gerente de um café no Tennessee.

Na época, Sanders, que viria a ser o dono do KFC (mas não fazia ideia disso), se separou de Josephine e se casou com uma amante, chamada Claudia Ledington-Price.

No ano de 1950 ele foi nomeado Coronel de Kentucky novamente.

Finalmente o Ínício Do KFC

Com 63 anos de idade, em 1952, ele transformou sua receita secreta em uma franquia, vendendo para Pete Harman, do estado de Utah. Foi um grande sucesso!

O restaurante ficou super conhecido pela receita do frango do KFC. Foi nessa primeira loja que surgiu o nome KFC, o nome deu certo e ficou conhecido.

Diversos outros restaurante compraram a receita do frango frito, pagando, na época, cerca de 4 centavos de dólar por cada frango vendido.

O restaurante no Kentucky teve uma queda no número de clientes, por ficar em um local da cidade onde não se passava mais carros. Sanders, então, fechou o local e abriu um novo restaurante, cruzando o país para consolidar o produto.

Ele ia até diversos restaurantes, mostrava a receita e oferecia um percentual nas vendas para cada dono de restaurante. O sucesso começou!

Abriu-se lojas no Canadá, no México, Inglaterra, Jamaica, e quando ele percebeu, já eram 600 lojas vendendo o frango do FKC.

Ele vendeu a empresa, abriu outras lojas, mas não tinha patenteado o nome KFC, o que o impediu de vender o produto como já era conhecido.

A história do dono do KFC acabou em 1980 com uma grave leucemia que o levou a óbito.

De qualquer forma, sua criação permanece até hoje, afinal de contas, o KFC se tornou uma das marcas mais famosas e reconhecidas do mundo.

O Segredo Das Pessoas Mais Bem Sucedidas

Um elemento em comum está presente na história de grandes empreendedores e pessoas de sucesso: os livros.

Através deles você pode se autodesenvolver, aprender novas habilidades e, claro, ganhar mais dinheiro.

E o que você acha de ter acesso aos livros lidos pelos homens mais bem sucedidos do mundo?

É isso que o Instalivros pode te proporcionar.

Essa plataforma reúne mais de 600 títulos bestseller. Lá você encontra resumos completos sobre os melhores livros sobre negócios, vendas, marketing, persuasão e produtividade.

Você pode ler ou ouvir em qualquer lugar, usando o seu celular.

Clique no botão abaixo e saiba mais.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!