A internet das coisas

Não é de hoje que a internet vem revolucionando a nossa maneira de se comunicar e interagir com o mundo. A internet ajuda na socialização interpessoal e até mesmo na melhoria de processos como as compras, por exemplo.

Mas o que seria essa tal de internet das coisas? E o que ela significa na prática? E em nosso dia a dia?

É isso que vamos responder a partir de agora neste artigo completo sobre a internet das coisas.

O Que É a Internet Das Coisas?

A Internet das coisas, ou IoT que significa “Internet of Things” em inglês. Se trata de uma nova realidade que considera a conexão e interligação de todas as coisas por meio da rede.

Esta conexão proporciona à nós a possibilidade de estabelecer interação entre vários dispositivos e objetos de maneira prática, rápida e acessível, independentemente de qualquer ação do homem.

O conceito pode até ser um pouco difícil de entender, porém, na prática, a Internet das coisas já está totalmente inserida e compreendida em nosso dia a dia.

Como Funciona a Internet Das Coisas?

A Internet das coisas nada mais é do que a possibilidade de utilização da internet também pelas coisas, ou seja, pelos objetos a nossa volta, comuns no nosso dia a dia.

Na prática, isso se dá quando um objeto é capaz de tomar alguma ação sem a necessidade da intervenção de uma pessoa.

O objeto realiza seu trabalho de maneira programada e automatizada, mesmo que ninguém acione seu funcionamento manualmente.

Exemplos Práticos Da Internet Das Coisas

Atualmente muitos objetos, dispositivos, máquinas e eletrodomésticos já possuem esta tecnologia. Citaremos agora exemplos práticos que já funcionam com a Internet das coisas.

  • Relógios que mostram horas, batimentos cardíacos, quantidade de passos dados, calorias perdidas, percurso percorrido, pressão arterial do usuário, etc;
  • Fones de ouvidos sem fio que funcionam por bluetooth;
  • Despertadores que estão conectados com a luz ambiente e cafeteira e que acionam estes objetos no horário programado para o despertar;
  • Automóveis que fazem ligações, acessam a agenda, o gps, escrevem lembretes por meio do viva voz e outras funcionalidades em conjunto com o smartphone;
  • Máquinas de lavar roupas ou aspiradores de pó acionados pelo aparelho celular mesmo quando o dono não está em casa;
  • Câmeras de monitoramento acessadas por aplicativos diretamente do celular ou computador;
  • Pedágios de estrada que fazem a liberação do automóvel e a cobrança automática em cartão de crédito previamente cadastrados sem que o motorista tenha que parar o carro;
  • Lâmpadas com controle à distância a partir de smartphones;
  • Sensores de presença que emitem alertas de segurança a smartphones;
  • Transportes públicos que emitem informações de localização e tempo de chegada aos pontos de parada por meio de aplicativos auxiliando os passageiros;
  • Botão do pânico que avisa os aparelhos conectados e números de telefone cadastrados que alguém está em perigo;
  • Sensores de fumaça em locais proibidos que disparam alarmes e então avisam os responsáveis pelo controle;
  • Sensores de medição de qualidade do ar ou vazamentos de gás que emitem alertas de irregularidades em sistemas de controles.

Como podemos ver, há uma série de funcionalidades que já estão sendo aplicadas no nosso dia a dia, e que muitas vezes nós nem percebemos, pois esta comodidade já faz parte da nossa rotina.

As Vantagens Da Internet Das Coisas

A Internet das coisas, é considerada parte da 4ª Revolução Industrial, juntamente com a inteligência artificial, a impressora 3D, a nanotecnologia, energias renováveis, entre outros.

Todas estas tecnologias foram possibilitadas pela evolução da internet, que permitiu que muitas coisas fossem acessíveis e possíveis à humanidade.

Listaremos agora as vantagens de utilização desta tecnologia:

  • Aumenta a produtividade;
  • Automatiza processos;
  • Poupa recursos;
  • Delega e estabelece funções;
  • Previne então problemas ou surpresas desagradáveis;
  • Elimina a necessidade de adquirir aparelhos em excesso ou similares com funções parecidas;
  • Proporciona economia financeira e favorece a contenção de gastos;
  • Promove a otimização de tempo e energia gastos para uma determinada atividade;
  • Permite novas oportunidades e conexões;
  • Favorece o controle e gerenciamento à distância;
  • Melhora a interação entre a pessoa e a máquina;
  • Maximiza as possibilidades de uso de um mesmo aparelho;
  • Possibilita a personalização e programação antecipada dos aparelhos;
  • Possibilita a emissão e leitura de relatórios do funcionamento dos dispositivos conectados à rede.

Estas são apenas algumas das vantagens do uso da tecnologia a nosso favor. Porém, ainda não se sabe o limite da Internet das coisas, pois há muito ainda a se descobrir neste universo.

O impacto que este recurso tem no dia a dia das pessoas é infinito, pois este é capaz de promover bem-estar, qualidade de vida e segurança.

Alguns Cuidados No Seu Uso 

Há um item importante a ser considerado no uso da Internet das coisas.

Algumas pessoas pregam que o uso demasiado da tecnologia, mais especificamente a Internet das coisas, tende a diminuir a interação nas relações humanas e estimular a objetificação das pessoas.

Esta linha de pensamento crê que deve haver um limite no uso destes recursos para que as pessoas ainda tenham a necessidade de se relacionarem, se comunicarem e realizarem funções manuais.

Eles acreditam que a abstenção de atividades manuais do dia a dia pode desacostumar o cérebro humano a pensar e, com isso, fazer com que as pessoas se interessem cada vez menos em obter conhecimento e novas experiências.

Há quem diga também que o interesse em inserir todas as coisas no meio digital é uma prática considerada “Ditadura Digital”, que controla e monitora todas as ações humanas, suas localizações e informações pessoais.

Não se sabe ainda qual o alcance das informações se todos os dispositivos estão relacionados e conectados em rede, porém, o que se vê é um crescimento exponencial das tecnologias.

Então, de qualquer maneira, a Internet das coisas existe, é eficiente, atual e está em todo lugar. E, por mais que alguns sejam contra, ela deve continuar cada vez mais presente em nossas vidas.

 

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!