Luiza Trajano Fortuna, História: Saiba Tudo Sobre a Empresária!

Luiza Trajano

Luiza Helena Trajano é uma das maiores referências do empreendedorismo nacional, e é a primeira mulher brasileira a criar uma fortuna bilionária, através do Magazine Luiza.

Ela conseguiu transformar um pequeno negócio familiar em um dos maiores colossos do varejo mundial.

É a história dessa empreendedora que vamos te contar neste artigo. Você vai conhecer detalhes sobre sua trajetória, em quanto está avaliada a sua fortuna, além de muitas outras curiosidades.

Quem É Luiza Trajano?

Luiza Helena Trajano Inácio Rodrigues nasceu na cidade de Franca no interior de São Paulo em 9 de outubro de 1951.

Sua trajetória  profissional começou com apenas 12 anos de idade quando ela abriu mão de suas férias escolares para trabalhar como balconista em uma loja de seus tios, Luiza Trajano Donato e Pellegrino José Donato.

Isso mesmo, a tia de Luiza Helena tinha o mesmo nome que ela.

Luiza Helena era a única sobrinha do casal e era também filha única. Seu objetivo, ao trabalhar aos 12 anos, era conseguir ganhar um dinheiro para poder dar presentes a si mesma.

O Início Do Magazine Luiza 

A loja, que viria se tornar o Magazine Luiza, era anteriormente chamada de Cristaleira. Era uma pequena loja de presentes que havia sido comprada pelos tios de Luiza em 16 de novembro de 1957.

Após um concurso em uma rádio local os moradores de Franca votaram para escolher um novo nome para a loja que desde então passou a ser conhecida como Magazine Luiza.

O nome, portanto, é em homenagem a tia de Luiza.

Ao completar 18 anos, Luiza Trajano começou a trabalhar efetivamente na loja ocupando todos os cargos existentes na pequena empresa ao longo dos anos.

Ao mesmo tempo em que trabalhava na varejista ela também se formou em direito e administração de empresas.

Ainda sob o comando de sua tia, o Magazine Luiza se expandiu para outras cidades do interior de são paulo com barretos e garapas.

Além disso a empresa diversificou os seus produtos oferecendo um leque maior de produtos para seus clientes.

No período outros familiares entraram para o negócio o que possibilitou ter dinheiro suficiente em caixa para o crescimento da empresa.

O Crescimento Exponencial

Em 1974 foi inaugurada a primeira grande loja de departamentos da empresa tendo mais de 5 mil metros quadrados.

Depois disso, o crescimento foi expressivo e a empresa atingiu o número de 30 filiais em cerca de 20 anos.

O Magazine Luiza sempre foi uma empresa que teve a inovação em seu DNA. Desde 1981 a empresa conta com um sistema de computação em suas lojas, criando um processo totalmente informatizado —  antes mesmo da prática se tornar popular no setor de varejo.

Graças ao processo de informatização, que conectava todas as filiais da varejista, em 1986 a empresa já contava com o centro de distribuição totalmente automatizado.

Esse salto tecnológico na década de 80 permitiu à empresa expandir-se, além do estado de São Paulo, abrindo lojas também em minas gerais.

Luiza Helena Trajano Assume o Comando Da Empresa

No ano de 1991 dona Luiza deixou a administração e o comando da empresa e, desde então, Luiza Helena Trajano se tornou o principal nome da empresa.

A passagem de bastão veio por meio de um bilhete em que dona Luiza dizia que Luiza Helena já estava pronta para substituí-la.

A gestão de Luiza Trajano sempre foi marcante por sua capacidade de inovação e estímulo ao intraempreendedorismo por parte de seus colaboradores.

Segunda ela, toda organização deve enxergar o funcionário como um empreendedor.  Além do incentivo ao protagonismo dos funcionários, a empresa também lançou um conceito de loja eletrônica no início da década — quando ainda pouquíssimas empresas contavam com lojas pela internet.

A iniciativa representava uma revolução no mercado brasileiro e reforçava o fato do magazine estar sempre um passo a frente do mercado.

Atualmente o site  e aplicativo do Magazine Luiza, o Magalu,  também com sua própria atendente virtual sendo a única plataforma de uma varejista nacional com este recurso.

Desde 2011, no Magalu, empreendedores podem criar páginas e vender seus produtos dentro da própria plataforma. Isso tornou o Magazine também um market place.

Curiosidades Sobre a Gestão De Luiza Trajano

Luiza Trajano também sempre esteve atenta ao marketing da empresa e, em 1993, surgiu a primeira liquidação fantástica; uma estratégia de marketing que passou a ser referência para o mercado.

No início do mês de janeiro, de cada ano, a rede vende produtos de mostruário e seus estoques de ano novo em um único dia com descontos reais de até 70%

A campanha anualmente mobiliza grande número de consumidores e é famosa pelas enormes filas que são formadas.

Em 1992 foi criado o consórcio Luiza, uma empresa que ajuda os clientes a adquirirem não só produtos da varejista, mas também carros, caminhões, motos, e até imóveis

Em 2005 foi lançado o Luizaseg um serviço de seguradora prestado pelo Magazine que se tornou a única empresa do varejo brasileiro a ter sua própria empresa de seguros.

Por conta dessa série de inovações, em 2005, a empresa comandada por Luiza Trajano foi um case de estudo em Harvard nos Estados Unidos.

Em 2008 a empresária concretizou um de seus maiores projetos: a entrada da rede varejista na cidade de São Paulo.

As Ações Da Magazine Luiza

Em 2011, o Magazine Luiza conseguiu um feito raro para empresas no brasil: a abertura de seu capital na bolsa de valores de São Paulo, porém, nem tudo foram flores.

Após IPO da empresa em 2014, o Brasil passou a sofrer uma severa crise que afastou investimentos e fez com que o comércio nacional se retraísse. Por conta disso o Magazine Luiza teve perdas expressivas, assim como, seus concorrentes.

Para superar as dificuldades, Luiza Trajano resolveu apostar mais uma vez na inovação.

Seu filho, Frederico Trajano, começou a tocar uma parte de inovação dentro da empresa e, sob seu comando, a Magalu se tornou a primeira empresa omni channel do brasil, isto é, a loja está presente em diferentes canais de venda simultaneamente tanto de forma física quanto digital.

Graças a essa integração de canais, a empresa fez em 2015 o que chamou de virada mobile. O projeto consistia na transição da empresa para o comércio via smartphones e se consolidou com a criação do aplicativo de compras do Magazine—  que se tornou um enorme sucesso.

As ações da varejista tiveram aumento expressivo, e foram consideradas uma das queridinhas do mercado desde a abertura de capital da empresa em 2011 até o presente momento. Os acionistas que investiram na empresa, lá no começo, viram suas ações se multiplicar várias vezes ao longo dos anos.

Luiza Trajano Fortuna

Luiza Trajano é dona de aproximadamente 17% do capital da Magazine Luiza e sua fortuna está avaliada em cerca de 28 bilhões de reais. Esses números a colocam como a mulher mais rica do Brasil.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta


*


*


18 + four =

Seja o primeiro a comentar!