Roberto Justus fortuna

O nome e a vida de Roberto Justus gera uma série de curiosidades. Muitas pessoas querem saber mais sobre a trajetória do empresário e apresentador.

Já outros querem saber a respeito da fortuna dele e seus luxos.

Seja lá qual for a sua dúvida, neste artigo, vamos te contar todos os detalhes sobre ele. Como começou, quais são seus negócios, qual é a sua fortuna e mais uma série de curiosidades.

Confira!

Quem É Roberto Justus?

Ele é um grande empreendedor do brasil e também apresentador de TV. Roberto Justus ficou conhecido, principalmente, por trazer para o brasil o programa do Donald Trump, O Aprendiz.

Ele também foi dono de um conglomerado de empresas de publicidade que há muitos anos é líder no mercado  aqui no Brasil.

Roberto Justus e sua equipe foram responsáveis por criar um dos comerciais mais icônicos da TV brasileira, o “quer pagar quanto” das Casas Bahia.

A História De Roberto Justus:

Roberto Luiz Justus nasceu em São Paulo e foi o terceiro filho de Lídia e Jano Justus.

Seu pai era um empresário húngaro muito bem sucedido. Por ser judeu ele teve que ir embora do país devido ao clima de guerra que acontecia no país.

Foi assim que a família Justus veio parar no Brasil.

Chegando aqui o pai de Justus montou em São Paulo uma empresa de construção civil com o sócio Lucas Nogueira Garcez que veio depois se tornar um dos governadores do estado de São Paulo.

A empresa do pai de Justus foi, inclusive, responsável pela construção do congresso nacional em Brasília.

Enquanto estudava administração na universidade Mackenzie, Roberto Justus trabalhou na empresa de construção do seu pai.

A Carreira Na Publicidade:

Aos 26 anos, depois de ficar bastante tempo na empresa do pai, ele decidiu que ele tinha que sair daquele negócio e embarcar em um novo mercado: a publicidade.

Com muita ambição ele entrou como sócio de Eduardo Fischer em uma agência de publicidade.

Fischer tinha uma agência, que andava mal das pernas, com o ator Cássio Gabus Mendes.

O ator acabou abandonando a agência e deixando Fischer com uma mão na frente e outra atrás.

Justus viu a oportunidade da vida dele e decidiu se tornar sócio dessa agência. 

O Primeiro Grande Cliente De Roberto Justus:

Justus sabia que, para dar um boom na agência, era preciso de um cliente forte. Por isso, ele marcou um encontro com cada uma das pessoas que ele conhecia e tinha uma empresa ou um produto para anunciar.

Um desses encontros foi com André Brett dono da rede de lojas Vila Romana.

A empresa do André era dona de diversas marcas, além da Vila Romana, e essas marcas eram clientes de algumas das maiores agências do brasil.

Para conseguir fechar esse negócio Justus teve que insistir muito.

Ele conta que, a cada 15 dias, tinha uma ligação dele lá na caixa do André pedindo para que ele conhecesse sua agência.

Isso aconteceu até que Justus finalmente conseguiu uma reunião com ele.

O problema foi que, durante essa reunião na agência, deu quase tudo errado.

Quando eles foram apresentar o primeiro comercial da agência, por exemplo, tiveram uma surpresa: o projetor tava pegando fogo.

5 meses depois dessa reunião o telefone de Justus tocou.

Era o André.

Ele contou que estava prestes a lançar uma nova marca no Brasil, a Calvin Klein, e que iria abrir uma concorrência entre todas as agências que o atendiam no Brasil.

A agência de Justus estaria na disputa.

Ele não pensou duas vezes e começou a investir nessa apresentação e decidiu contratar mais pessoas para o projeto. Ele sabia que se sua agência ganhasse o projeto passaria a ter muito mais credibilidade.

A agência de Justus fez um grande trabalho e eles se tornaram a agência que cuidava da marca Calvin Klein no Brasil.

O Sucesso E Os Novos Grandes Clientes

Depois disso, várias outras grandes empresas se tornaram clientes de Justus como Ponto Frio e Casas Bahia, por exemplo.

A empresa também atendeu outras marcas muito famosas como Brahma e Skol.

Em 1997, aos 42 anos, Roberto Justus foi premiado como o publicitário do ano.

Em 1998 ele encerrou as atividades da Fischer e Justus para montar o grupo Newcomm, um conglomerado de empresas de publicidade.

Até 2015 ele atuou como Chairman, do grupo Newcomm. Depois disso, ele acabou vendendo toda a sua participação na empresa para se dedicar somente a carreira artística e a outros negócios.

A Carreira De Roberto Justus Como Apresentador:

Em novembro de 2004, em parceria com a Rede Record, Roberto Justus lançou o programa O Aprendiz.

O programa é um concurso que simula as tarefas de um executivo em uma empresa e o prêmio é, além de uma quantia em dinheiro, uma vaga para trabalhar em um dos negócios do apresentador.

Justus criou uma versão brasileira do programa americano criado por Donald Trump. No Brasil ele ficou conhecido principalmente pela frase: “você está demitido”.

Em sua primeira versão o programa teve média de 10 pontos no ibope e quem ganhou foi Viviane. Ela se tornou a fiel escudeira de Justus e, até hoje, trabalha com ele.

Em 2019 o programa teve sua 11ª edição no brasil com alguns influenciadores digitais participando do programa

Roberto Justus Fortuna:

Chegou a hora de falar sobre qual é a fortuna de Roberto Justus. Sua fortuna está estimada entre 45 e 50 milhões de reais.

A Revista Forbes, por exemplo, noticiou em 2020 que sua fortuna estava em 45 milhões de reais.

Ostentando uma vida de luxo, e cheia de exageros, o famoso não faz questão de economizar quando o assunto é gastar a sua fortuna.

O empresário comprou, por exemplo, o antigo apartamento do apresentador Faustão avaliado em mais de 20 milhões de reais. A cobertura luxuosa localizada no Morumbi possui mais de 1.500 metros quadrados

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!